Odontologia

Qual a relação entre esporte e saúde bucal?

Não são somente os músculos que precisam estar 100% para te ajudarem a dar o seu melhor, sua saúde bucal também precisa de atenção para aumentar sua performance.

O verão está chegando e a prática de esportes e exercícios físicos ficam cada vez mais frequentes. Realizar atividades físicas proporciona inúmeros benefícios para a saúde, além de reduzir o sedentarismo e o risco de doenças cardíacas, diabetes, entre outras doenças, mas o que você talvez não saiba, é que a atividade física também tem relação com a saúde bucal.

Os cuidados preventivos com as doenças bucais são tão importantes para os esportistas que até existe a especialidade Odontologia do esporte, os profissionais que atuam nesta área fazem o trabalho de prevenção de lesões, tratamento e reabilitação, compreendendo a influência das doenças bucais no desempenho atlético e performance de cada paciente, pois o equilíbrio do corpo como um todo envolve a saúde bucal.

Um estudo publicado pelo  Journal of Dentistry mostrou que existe uma linha tênue entre os benefícios e os malefícios na relação do esporte e saúde bucal.

O estudo mostrou que entre as pessoas que se exercitavam regularmente tinha a probabilidade de 54% menos chance de desenvolver a periodontite. Outro benefício está ligado ao índice de massa corporal, devido a adoção de uma dieta saudável com baixo teor de açúcar, alto teor de fibras, frutas e vegetais.

 

A via de mão dupla entre a saúde bucal e os exercícios.

Em contrapartida o excesso do exercício físico pode acarretar em alguns problemas no equilíbrio da saúde bucal. Os mais comuns são endodônticos e periodontais, como por exemplo, a ingestão frequente de suplementos e isotônicos pode contribuir para um desgaste dental, hipersensibilidade dentária, além disso, doenças periodontais têm uma propensão por feixe muscular, como os da coxa, propiciando a distensão muscular, que, se não tratada corretamente, pode causar problemas permanentes. A má oclusão, causadora de problemas de mastigação, pode prejudicar a absorção de nutrientes importantes, a dor de dente pode prejudicar a concentração durante uma competição, a respiração feita pela boca pode diminuir o rendimento físico se comparado aos que respiram pelo nariz e uma infecção bucal pode se espalhar na corrente sanguínea colocando o coração em risco.

Por este motivo todo o praticante de esporte deve fazer check-up odontológico. Confira abaixo a relação entre a odontologia e o esporte.

  • Infecções bucais alteram de forma significativa o desempenho, seja pela dor que limita a concentração, ou pela recuperação de lesões articulares e musculares.
  • Momentos de explosão muscular e o estresse nos exercícios fazem com que os problemas na ATM sejam mais frequentes pela pressão executada na mandíbula.
  • Isotônicos podem causar erosões dentárias, uma vez que alteram a flora bacteriana da boca, por isso devem ser consumidos com moderação.
  • O encaixe entre os dentes pode afetar a respiração, causando mau aproveitamento do oxigênio e postura incorreta do atleta.

Como minimizar os efeitos dos exercícios na saúde bucal?

  • Opte por água no lugar dos isotônicos e outras bebidas açucaradas durante os exercícios;
  • Faça sempre a higienização bucal conforme a frequência recomendada;
  • Esteja com suas consultas ao dentista em dia;
  • Utilize equipamentos de proteção de acordo com a modalidade de exercício;
  • Se você deseja aumentar o ritmo ou a intensidade das atividades, visite um profissional com especialização em odontologia do esporte;
  • Estabeleça metas realistas e não force seu corpo além das suas capacidades;
  • Mantenha o registro de suas atividades e intensidade, essas anotações podem ajudar no seu crescimento e evitar que a saúde bucal fique comprometida.

 

Como o dentista pode ajudar?

A odontologia é capaz de auxiliar na performance dos esportistas, sejam profissionais ou amadores, pois promove a boa saúde bucal e detecta fatores que podem prejudicá-la, como: mau posicionamento dos dentes, distúrbios de respiração, problemas nas gengivas, desordens na articulação temporomandibular, cáries, entre outros.

Entender que a saúde bucal está intimamente ligada à saúde geral e que um corpo saudável também significa uma saúde bucal em dia, é fundamental para qualquer esportista, afinal seu corpo precisa estar em equilíbrio para que o seu desempenho não seja prejudicado. Não deixe para depois: cuide da sua saúde bucal com o mesmo afinco que pratica sua atividade física.