Odontologia

A Odontologia Estética a favor do seu sorriso

Espaço entre os dentes, sorriso manchado, restaurações metálicas e antiestéticas. Tudo isto é coisa do passado para quem ainda se prende aos mitos da aparência. A Odontologia Estética aprimorou suas técnicas para oferecer ao paciente, além da saúde bucal, a promoção de um visual mais agradável para atender as pressões da mídia.

Para alguns o sorriso bonito melhora não só o encaixe do maxilar e a aparência do rosto, como também o bem estar do paciente. Hoje existem diversas técnicas que melhoram a estética bucal e permitem um sorriso mais harmônico, principalmente no que diz respeito à forma, posição e cor dos dentes. As principais utilizações são o clareamento dental, facetas de porcelana ou resina, coroas e próteses livres de metal.
O clareamento dental pode ser a laser ou caseiro, em forma de gel. Ambos são eficientes quando usados de forma correta e na indicação adequada. Geralmente o clareamento a laser é mais rápido do que o obtido pelo gel. Por ser mais prático e indolor, o clareamento a laser é um dos mais utilizados nos consultórios dentários. O caseiro serve para atingir vários ou todos os dentes da boca, enquanto o de laser, ou unitário, costuma corrigir o problema específico de um dente.
Pacientes com espaço entre os dentes ou má formação e posicionamento dentário podem recorrer às facetas laminadas, que são feitas de resina ou porcelana. Segundo a Dra Ana Paula Falcão de Moura, cirurgia-dentista pós-Graduada pela Universidade de São Paulo (USP), as facetas são um recurso excelente para restabelecer a estética do sorriso. “Elas recobrem a superfície visível dos dentes, de forma que, por um pequeno desgaste dental, permitem obter forma e cor desejadas”, afirma a especialista.
As facetas de porcelana são mais caras que as de resina, uma vez que duram mais tempo. Desta forma, pode-se corrigir a posição dos dentes sem tirá-los do lugar. Esta técnica é conhecida entre os especialistas como “maquiagem corretiva”. Outra aplicação da resina está na substituição das restaurações metálicas, conhecidas como amálgamas. A vantagem da resina sobre o amálgama é principalmente estética, por se assemelhar visualmente ao dente.
Há controvérsias sobre o mercúrio existente na restauração metálica, que prejudicaria a saúde dos pacientes, embora não existam comprovações a respeito. Contudo, o amálgama ainda é muito utilizado pelos dentistas, uma vez que acreditam ser um material mais resistente.
Já as coroas de porcelana cobrem todo o dente sem ganchos ou metais. Elas estão indicadas para grandes destruições dentárias, que exijam tratamento de canal e a confecção de núcleos, além de outras funções. As coroas imitam os dentes em cor, brilho, proporção e forma, dando à boca um aspecto natural. Foram consideradas uns dos grandes avanços na reabilitação oral.
No Brasil, a Odontologia Estética teve inicio em 1994, quando inúmeros profissionais começaram a se dedicar a este ofício. Ela atua integrada a diversas áreas da odontologia no intuito de melhorar a saúde e estética bucal ao mesmo tempo. “É uma área que exige do profissional não só habilidade manual, mas comprometimentos com as expectativas estéticas do paciente”, afirma a Dra. Ana Paula.

Adicionar Comentário

Clique aqui para escrever um comentário

dois × 5 =