Atividade Física

Treinamento funcional proporciona o emagrecimento e definição muscular

O programa de treinamento funcional se baseia em movimentos naturais do dia-a-dia, como pular, abaixar e correr. É mais dinâmico e motivador, e diferente da musculação que trabalha pontos isolados, o funcional trabalha todos os grupos musculares. Geralmente, o peso utilizado nos movimentos é apenas o do próprio corpo, mas em outros casos, onde o treino é mais avançado, podem ser usados pesos adicionais aliados a acessórios como a bola suíça, faixas elásticas e mini trampolim, os quais aumentam a resistência dos exercícios.
Além de auxiliar no emagrecimento de forma saudável, a prática dos exercícios melhora a postura, flexibilidade, coordenação motora, força, aptidão cardiovascular e muscular. O que mais atrai novos adeptos a esta modalidade é o fortalecimento muscular. Mas caso o seu objetivo seja a hipertrofia, o mais recomendado é a musculação, que consegue trabalhar músculos específicos e isoladamente, proporcionando aumento de massa muscular e um resultado estético em pouco tempo. Já o treinamento funcional, pode também agregar aumento do músculo, porém o resultado mais visível é o de definição que leva um tempo maior.
Os exercícios ajudam a fortalecer os músculos que mantêm a coluna ereta e desenvolve a consciência corporal. Isto porque os exercícios exigem a contração do abdômen e o alinhamento do quadril, ombros e pescoço. Mas atenção, não é milagre, é necessário um policiamento diário, mantendo a postura durante todo o dia, e não somente na execução dos exercícios. Um dos principais causadores das dores lombares e nas costas é a falta de força de sustentação no core, região central do tronco. O treinamento funcional atua diretamente nesta área, dando estabilidade para a prática de atividades básicas do dia-a-dia.
Um ponto forte do exercício funcional, é a prática em apenas um dos lados do corpo por vez, desta forma o praticante necessita se manter equilibrado. Os movimentos executados durante os exercícios exigem um alongamento a amplitude total dos músculos, melhorando a flexibilidade do corpo, possibilitando movimentos, que antes não eram possíveis.
Nunca praticou atividade física? Sem problemas! Qualquer um pode treinar, mas claro, antes precisa passar por uma consulta médica, atestando a sua condição física. E não se esqueça do auxílio de um personal trainer, os exercícios parecem simples, mas exigem muito do corpo e se não forem executados com atenção e cuidados podem causar lesões.