Medicina

Tudo sobre sonambulismo

Sonambulismo é um distúrbio manifestado durante o momento mais profundo do sono. Consiste basicamente em exercer atividades motoras, como levantar da cama, andar ou falar, sem a consciência plena do que se faz.

Os episódios de sonambulismo podem durar poucos minutos ou cerca de 1 hora, e raramente se repete ao longo da noite. A pessoa fica com um olhar vazio e uma relativa ausência de expressão às outras pessoas, além de que, depois que acordam não se lembram do que fizeram.

O problema atinge principalmente crianças entre três e sete anos, fase em que o sistema nervoso se desenvolve de forma intensa. Mas também, é possível que atinja adolescentes e adultos, nesses últimos, relacionado a condições de saúde.

Não existem causas exatas para o sonambulismo, mas alguns fatores, como ficar sem dormir por muito tempo, fadiga, estresse, depressão, ansiedade, febre, ingestão de bebidas alcoólicas e de alguns medicamentos, aumentam a possibilidade do desenvolvimento desses distúrbios do sono.

Já em outros casos, o sonambulismo pode ser provocado pela apneia do sono, enxaqueca, hipertireoidismo, traumatismo craniano, refluxo gastroesofágico, entre outros.

Como as causas não são confirmadas, também não há um tratamento, mas é recomendado que haja uma adaptação no ambiente, como por exemplo, proteger janelas com tela, trancar as portas e cercar as escadas, com o intuito de impedir que o sonâmbulo se machuque. Em alguns casos, em que os episódios de sonambulismo são muito frequentes, pode ser recomendado a utilização de remédios que combatem a tensão e ansiedade.

E como agir ao presenciar um episódio de sonambulismo? Muitos dizem que acordar uma pessoa sonâmbula pode desencadear um infarto, mas não se preocupem, não há nada que comprove a veracidade disso, porém o melhor a fazer é conduzir, calmamente, a pessoa até a cama para que ela volte a dormir.

Adicionar Comentário

Clique aqui para escrever um comentário

17 + seis =