Odontologia

Como se livrar do mau hálito

Muita gente ainda associa a halitose, conhecida como mau hálito, a doenças no estômago. No entanto, segundo a cirurgiã dentista Claudia Todescan, que é mestre em periodontia, cerca de 90% das causas são provenientes de problemas na boca.

A dentista, que é especialista no diagnóstico de alteração do hálito, esclarece que o mau hálito pode ser identificado por um odor desagradável que vem da boca sentido por quem está próximo.

Segundo ela, muita gente não procura ajuda por puro desconhecimento que tem o problema. “Nosso próprio nariz não sente o nosso cheiro”, diz.

Assim, é fundamental que pessoas próximas avisem quem está com halitose. “O mau hálito é bastante comum em crianças e adolescentes, que acabam sofrendo bullying. Por isso, é importante que os pais os avisem e procurem um tratamento”, orienta a especialista.

Os idosos, afirma ela, também costumam sofrer com o problema, na maioria das vezes por conta da grande quantidade de ingestão de remédios. “O que provoca alterações de saliva”, diz a dentista.

 

CAUSAS – A halitose pode ter inúmeras causas, como doenças nas gengivas ou até mesmo restos de alimentos que se juntam nos espaços entre os dentes.

Ou ainda por uma placa de bactérias localizada na língua (saburra), que pode aparecer nas cores branca, amarelada ou marrom.  Problemas nas amídalas, chamados de cáseos (bolinhas brancas de pus na garganta) também podem provocar mau hálito.

Atualmente, existem equipamentos adequados para diagnosticar alterações no hálito, como o Halimeter ou Oral Chroma – este ainda mais moderno.

Faça uma consulta odontológica e tire suas dúvidas com os profissionais do Grupo Qualidade e Saúde.
Halitose tem tratamento e cura!

Adicionar Comentário

Clique aqui para escrever um comentário

sete − quatro =