Exercícios físicos proporcionam uma gravidez mais saudável e tranquila – Grupo Qualidade em Saúde
Atividade Física

Exercícios físicos proporcionam uma gravidez mais saudável e tranquila

A prática regular de atividade física faz bem a todos e em qualquer período da vida, inclusive na gestação, por isso o indicado é que mulheres grávidas iniciem a prática de exercícios logo nos primeiros meses.

Claro que nem todos os esportes são recomendados para as gestantes, exercícios de impacto como tênis, vôlei, futebol, devem ser evitados, pois há grandes riscos de choques contra a barriga. Ainda deve ser evitado andar de bicicleta, de patins e a cavalo, devido ao risco de quedas.

O ideal, é que se pratique exercícios de três a seis vezes por semana, diminuindo a frequência de acordo com a evolução da gravidez, e caso apresente mal-estar, a prática deve ser interrompida imediatamente e o médico deverá ser consultado.

Os exercícios físicos só trazem benefícios à gestante, pois melhora o sistema cardiorrespiratório, aumenta a autoconfiança da gestante, controla o peso, aumenta o equilíbrio e flexibilidade, além de reduzir as dores musculares, que são muito comuns com o crescimento da barriga.

As atividades mais indicadas são:

Musculação: Fortalece a musculatura, auxiliando no controle postural.

Pilates: Fortalece a região pélvica, melhora a distribuição do peso corporal, alivia desconfortos lombares e aumenta o ganho de força. Indicado apenas para mulheres que já estão habituadas com a prática da modalidade.

Hidroginástica: Ameniza as dores na hora do parto, além de amenizar o inchaço nas pernas. Mas atenção, as aulas devem ser específicas para grávidas.

Caminhada: Ajuda a controlar o peso sem  prejudicar os joelhos. Recomendado por quase todos os médicos, o ideal é caminhar, no mínimo, 30 minutos por dia.

Ioga: Aumenta a flexibilidade, tonifica os músculos, melhora o equilíbrio e a circulação. Por trabalhar com técnicas de respiração e relaxamento, a modalidade ainda auxilia na hora do parto, diminuindo o estresse.

Alongamento: Relaxa os músculos que estão sobrecarregados e aumenta a flexibilidade, além de prevenir lesões.

Antes de qualquer coisa, a gestante deve passar por uma avaliação médica e ser liberada pelo obstetra para iniciar as atividades. A prática de exercícios é contra-indicada para mulheres que tenham alguma patologia, sangramento, princípio de aborto, placenta baixa, hipertensão ou outros problemas.