Medicina

Apesar de raro, homens também podem ter câncer de mama

Ao contrário do que muitos pensam, o câncer de mama não atinge apenas as mulheres, apesar de ser raro, os homens também pode ser atingidos pelos tumores nas glândulas mamárias, principalmente os com idades entre 50 e 65 anos.

A cada 100 mulheres com câncer, apenas um homem é diagnosticado, porém o risco de metástase é maior já que dificilmente é detectado na sua fase inicial, pois sempre é confundido e tratado como se fossem outras doenças. Por isso, o homem também deve sempre fazer o auto-exame de mama.

Entre as principais causas do câncer de mama masculino, estão as alterações genéticas, alimentação rica em gorduras, excesso de álcool, além do uso de anabolizantes ou de hormônios.

Os sintomas são semelhantes entre os homens e as mulheres. Os sinais mais comuns são:

  • Presença de nódulo indolor que pode causar coceira ou ferida que não cicatriza;
  • Pele enrugada ou ondulada;
  • Retração do mamilo;
  • Secreções no mamilo;
  • Vermelhidão ou descamação da pele da mama;
  • Alteração no volume da mama;
  • Inchaço de linfonodos na axila.

O tratamento é definido pelo médico de acordo com o estágio do câncer, podendo ser necessário o tratamento de radioterapia, terapêutica hormonal ou quimioterapia. Em casos da cirurgia para retirada da mama, normalmente, é feita a retirada total nos homens, assim como a retirada do linfonodos axilares.

Adicionar Comentário

Clique aqui para escrever um comentário

oito − 1 =