Nutrição

Alimentação rica em nutrientes auxilia o desenvolvimento do feto

A grande responsabilidade da gestação é a alimentação, logo após o sétimo dia da fecundação, o sangue da mãe já começa a alimentar o filho. Os alimentos consumidos pela mãe irão fornecer a energia e os nutrientes necessários para o desenvolvimento do feto.

O primeiro trimestre da gestação é o mais importante para a formação do bebê, nesse período ocorre uma intensa divisão celular, por isso é extremamente importante seguir uma alimentação saudável e respeitar rigorosamente os horários das refeições.

Já no segundo e terceiro trimestre, alguns fatores são determinantes para o desenvolvimento normal do feto, como o ganho de peso ideal, a ingestão de nutrientes, o controle emocional e os hábitos diários. É preciso aumentar a quantidade energética sem aumentar o peso.

Costumam dizer que mulher grávida precisa comer por dois, mas é um grande mito, o excesso de peso durante a gestação pode causar alguns problemas, como diabetes gestacional e aumento da pressão arterial.

O cardápio das gestantes precisa ser rico em nutrientes e bem variado. Veja o que não pode faltar no seu prato:

Grãos e cereais: enriquecidas com ácido fólico, previne defeitos congênitos, principalmente no cérebro e na medula espinhal.

Leguminosa: Contém ferro, o que reduz o risco de anemia.

Laticínios: Excelentes fontes de proteína e cálcio contribuem para a formação dos ossos e dos dentes.

Peixes: O ômega-3 encontrado nos peixes reduz o risco de parto prematuro e melhora o peso do bebê.

Hortaliças: Também são ricas em ácido fólico que afeta diretamente o cérebro e a medula espinhal da criança.

Frutas: Regularizam o trabalho intestinal, reduzindo a tão desconfortável prisão de ventre durante a gestação.

Não se esqueça da hidratação, é fundamental a ingestão de, no mínimo, 2 litros de água por dia. E evite consumir produtos embutidos, fritos e doces.

Adicionar Comentário

Clique aqui para escrever um comentário

seis + treze =