Odontologia

Feridas e mau hálito frequente podem ser sinais de câncer bucal

O câncer de boca é uma denominação para os tumores malignos que atingem os lábios e a cavidade oral, como a mucosa bucal, o palato duro, língua e assoalho da boca. A doença nessas áreas é muito comum entre os tabagistas e os alcoólatras, e necessita muita atenção, já que os principais sinais podem ser confundidos com outros problemas bucais.

Como todos os problemas bucais, a má higienização é um dos principais fatores de risco, além da alimentação pobre em vitaminas e minerais, o excesso de exposição ao sol, uso de próteses dentárias mal ajustadas e o vício em cigarros, cachimbos e álcool.

Quanto antes for feito o diagnóstico, maiores são as chances de cura, para isso é necessário ficar atento a diversos sinais que podem ser confundidos com problemas não tão graves ou benignos, eles são:

  • Feridas na boca sem cicatrização;
  • Dor na boca;
  • Nódulo ou espessamento na bochecha;
  • Área avermelhada ou esbranquiçada nas gengivas, língua, amídala ou revestimento da boca;
  • Irritação, dor na garganta ou sensação de algo preso na garganta;
  • Dificuldade ou dor para mastigar ou engolir;
  • Dificuldade ou dor na língua ou para mover a mandíbula;
  • Inchaço da mandíbula;
  • Dentes frouxos ou moles na gengiva ou dor ao redor dos dentes;
  • Mudanças na voz;
  • Caroços no pescoço;
  • Perda de peso;
  • Mau hálito persistente.

O tratamento consiste em cirurgia e radioterapia, podem ser associadas ou isoladas. Para o câncer no estágio inicial, qualquer um dos métodos de tratamento são eficazes, 80% dos casos tem cura.

E como já é de conhecimento, prevenir é melhor do que remediar, portanto evite exposição ao sol sem proteção, evite ou reduza o consumo de fumo e de álcool, mantenha uma boa higience bucal, faça uma alimentação rica em vitaminas e minerais, e não deixe de visitar seu dentista regularmente.

Adicionar Comentário

Clique aqui para escrever um comentário

11 − dois =